EducArts!: Arte e criatividade contra o radicalismo

July 6, 2022Posts

EducArts!: Arte e criatividade contra o radicalismo

July 6, 2022
web_2-1200x686.jpg

A radicalização não é um fenómeno novo, mas torna-se cada vez mais num desafio, com a crescente polarização e as novas tecnologias. Para que não se torne uma séria ameaça em todo o continente, novas perspectivas sociais e interculturais fazem-se necessárias. 

Neste sentido, o projeto EducArts!, coordenado pela Associação La Cultora (Madrid), em parceria com a Contextos (Faro) e a Sapere Aude (Viena), visa promover a compreensão dos cidadãos sobre os seus direitos fundamentais e os valores comuns da Europa como forma de ultrapassar a adversidade – especialmente entre os jovens e aqueles em risco de exclusão. 

O EducArts! já arranca em sua primeira fase e irá criar e implementar novas metodologias para a educação democrática, utilizando narrativas baseadas na arte e criatividade como um meio atrativo de divulgação de valores para além das fronteiras.

Atividade realizada pela Contextos na escola secundária Tomás Cabreira, em Faro, no âmbito do projeto DigitArt!

Creative Citizen Labs (Laboratórios criativos) foram instalados em cada uma das três cidades participantes (Madrid, Faro e Viena), onde artistas, educadores e mentores reunir-se-ão com o propósito de formar uma rede para o intercâmbio de conhecimentos e boas práticas. Esta será a base para o resto das ações do projeto.

Com base nos resultados obtidos através destes intercâmbios, será gerado um toolkit para educadores e um logbook para os estudantes, para verificar o novo material e as novas metodologias de aprendizagem adotadas pelos laboratórios e multiplicar os resultados da investigação. 

Cenários artísticos de co-aprendizagem serão também implementados em cada uma das cidades, divulgando os resultados do projeto e testando as metodologias. 

Learning Lab realizado pela Contextos em Faro, no âmbito do projeto DigitArt!

Uma conferência final será realizada em Madrid e, por streaming, o projeto será difundido em todo o mundo, proporcionando sustentabilidade aos resultados alcançados. 

A formação de educadores adultos que irão orientar o processo de co-aprendizagem, bem como a criação de ferramentas de aprendizagem para apoiar os alunos é fundamental para reforçar a participação democrática e aumentar a consciência dos direitos humanos e dos valores europeus partilhados.